Empório Sorio na Mídia


Colomba … Uma Blanche Francesa muito especial.

06/28/2012 AleCervejasFrançaProduto ImportadoTrigo  One comment

Colomba

A Colomba é uma cerveja francesa, da ilha de Córsega (Corse). Classificada como branca (Witbier ou Blanche), é vigorosa e possui teor alcoólico de 5º GL, fabricada com maltes de cevada e trigo e complementada com ervas de Maquis da Córsega.

 

Os Maquis são vegetações típicas da Córsega, na França. Foram muito utilizados como esconderijo para a Resistência Francesa, durante a II Guerra Mundial. Destas vegetações saem muitas ervas que os franceses incluiram em sua culinária e, também, em suas bebidas.

A França é um país conhecido pela sua absurdamente exuberante cultura vinícula. Praticamente todas as mais conhecidas uvas viníferas cultivadas internacionalmente, tem origem na França (a maioria na região de Bordeaux). Entretanto, a França não é muito conhecida ou divulgada quando o assunto é cerveja.

Coube a esta linda ilha mediterrânea (veja mais sobre Córsega aqui) , que mesmo não oficialmente seria um dos possíveis locais de origem de Cristovão Colombo (oficialmente ele continua sendo Genovês), a tarefa de trazer uma cerveja que pudesse honrar a tradição francesa à mesa, tanto na gastronomia, quanto na vinicultura. A Colomba é uma cerveja nova, foi lançada em 1999, em contraste com outras cervejas centenárias, e até milenares, européias. Mas isto não a impediu de obter o reconhecimento dos especialistas: Foi eleita a melhor cerveja branca na Inglaterra pela Revista GastroPub, em 2003 e descrita como “a cerveja branca de melhor aroma. Uma cerveja muito refrescante, produzida no perfeito equilíbrio entre, refrescância, amargor e doçura.” por Dominique Laporte – Conhecido como o melhor sommelier da França, 2004.

A Colomba é um cerveja não filtrada, de baixa fermentação, é naturalmente turva por causa da presença de leveduras, mas seu sabor e aroma vêm do coração de maquis. A mistura delicada de três ingredientes medronheiro, murta e zimbro é preparada em um grande recipiente e deixada para infundir junto com o cozimento do mosto.

O resultado é realmente admirável … Uma cerveja impressionante, com aroma e paladar bastantes pronunciados, com um início levemente adocicado, com um sabor marcante, diferenciado, inusitado até com um leve fundo cítrico (lembra alguns chás de ervas conhecidas, como erva-doce ou erva-cidreira) e o retrogosto um tanto quanto adstringente, que “amarra” a boca, devido às ervas.

A Colomba se mostra uma cerveja muito agradável, bastante indicada para acompanhar embutidos e carnes, desde que não muito condimentados.

A Colomba é daquelas cervejas chamadas normalmente de cervejas Gourmet, como muitas que temos na Europa, USA e mesmo no Brasil. São cervejas condimentadas, com especiarias ou com ingredientes inusitados. Não são cervejas de grande consumo ou de massa e nem pretendem ser. Estas cervejas são consideradas verdadeiras experiências gastronômicas e normalmente tem valor um pouco mais elevado.

Ficha técnica básica:

País: França (Ilha de Córsega).
Tipo: Witbier.
Teor alcoólico: 5%

Cor: Amarelo palha a um leve ocre, com aspecto turvo.

Sabor: Leve, extra refrescante, breve amargor,sabor de ervas e presença de lúpulo herbáceo. Sua espuma é média, cremosa.

Aroma: Bastante intenso, e lembra o cheiro de chás diversos, com bastante frescor.

Composição: Malte de Trigo, de cevada e mistura de plantas aromáticas.

Preço: No Brasil, entre R$ 12,00 e R$ 20,00.

Onde encontrar: Casas cervejeiras especializadas (Como a Mr. Beer em várias cidades do Brasil ou a  Casa do Cervejeiro em Vitória-ES), e sites especializados em cervejas.

Volume da garrafa: 330 ml

Site do fabricante: http://www.brasseriepietra.com/

Como toda cerveja Gourmet, não poderia faltar alguma receita especial utilizando a cerveja como ingrediente: http://www.brasseriepietra.com/fr/pgs/rec3_paupcos_fr.php

 

O Baco & Ninkasi recomenda esta Blanche de Corse, um experiência diferente, para aqueles que apreciam variedade e gostam de paladares elaborados. Um abraço e saúde a todos.

LEMBRE-SE: Se beber não dirija !!!

FONTE: http://bacoeninkasi.com/colomba-uma-blanche-francesa-muito-especial/

 

Anúncios

Terraza D’Isula Sciaccarellu/Cinsault 2008.

 

A Córsega é uma ilha localizada no mediterrâneo, pertencente à França, porém muito próxima também da Itália, seu clima é parecido ao da região litorânea da Toscana (Livorno). Possui uma cadeia montanhosa cujo pico chega à 2.800 metros de altura e é nas encostas dessas montanhas que são plantadas as uvas que compõem seus principais vinhos.

 

Entre as principais castas, destacamos a Vermentinu entre as brancas. Já nos tintos, plantados em vinhedos de altura, as principais uvas são a Niellucciu e a  Sciaccarellu. Atualmente na Córsega, existem nove denominações de origem controlada para os vinhos: duas denominações “Cru”, A.O.C. Ajaccio e Patrimônio; cinco denominações do Tipo “Villages”, A.O.C. Vin de Corse, seguidos dos nomes – Calvi, Sartène, Porto Vecchio, Figari e Coteaux du Cap Corse e uma denominação do Tipo “Regional”, A.O.C. Vin de Corse, além de uma denominação para os vinhos doces, A.O.C. Muscat du Cap Corse.

 

Aqui em São Paulo, o Empório Sorio está instalado em uma simpática loja em Perdizes, dedica-se exclusivamente à importação de vinhos e alimentos da Córsega. O Empório nasceu da paixão de seus fundadores pela Córsega, possui mais de 20 rótulos de importação exclusiva dos maiores e mais renomados produtores da região.

 

Foi na Sorio que escolhi um rosé que me agradou muito, o Terrazza D’Isula, elaborado com as uvas Sciaccarellu e Cinsault. Vinho de cor salmão brilhante. Possui aroma frutado, principalmente morango e cereja. Mesmo sendo um vinho bem equilibrado, sua acidez é refrescante, corpo leve e com um bom final. Vai muito bem como aperitivo, mas pode ser harmonizado com uma grande gama de prato, desde frutos do mar e peixes até carne branca, saladas e por que não uma pizza a “base” de queijos. Sou fã de vinhos rosés e esse entrou para minha lista de prediletos, seu preço é R$ 49,00, vai para a lista dos bons e baratos!

Bag in Box com vinhos da Córsega ganha destaque no Caderno Boulevard do Estado de São Paulo. Corram que o sucesso foi tão grande que temos poucas unidades!!

Próxima Página »